sábado, junho 17, 2006

Ontem Comecei

ONTEM COMECEI
A matar-te meu amor
Agora amo
O teu cadáver
Quando eu estiver morto
O meu pó gritará por ti

Heiner Müller
(tradução de Adolfo Luxúria Canibal)

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home