segunda-feira, outubro 02, 2006

Aveiro em dilúvio

A Avenida Lourenço Peixinho transformou-se no leito de um rio.
As sarjetas que deviam engolir a água, cospem-na estrepitosamente.
No bairro da Beira-Mar a água molha os joelhos!
As tampas de ferro fundido das águas pluviais levantaram-se e regurgitam-na violentamente.
E tenho os pés molhados só de atravessar a Avenida.

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home