quinta-feira, outubro 19, 2006

Como quem ri

Depois do aumento do IVA eis as portagens nas SCUT's, incluindo na A17 e na A29.

4 Comments:

Blogger José Manuel Dias said...

Todas estas questões não podem ser dissociadas duma realidade incontornável : metade da riqueza produzida pelo país é consumida pela despesa pública. Os défices vêm-se acumulando. Quem é que os vai pagar?! As gerações mais novas serão as mais penalizadas. Com bem lembrou Tony Blair " Uma sociedade decente não se baseia em direitos mas em deveres"...
Cumps

quinta-feira, outubro 19, 2006 11:04:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

Em relação a este texto em que comparo com a situação hungara,a minha visão idológica não interessa, mas apenas a realidade incontornável:

- o Governo foi eleito com base no seu programa eleitoral

- nesse programa e em muitas declarações foi sublinhado que não subiriam os importos nem colocariam portagens nas SCUT's

- basicamente foram eleitos no pressuposto de fazer uma coisa e estão a executar o programa com que o PSD se apresentou às eleições e com o qual perder

Uma mera achega política aparte da ironia da questão: é verdade que a situação das finanças nacionais está assim tão mal, mas quem são os responsáveis? Quem esteve no Governo nesses últimos anos em que tal facto se acumulou?

quinta-feira, outubro 19, 2006 11:55:00 da tarde  
Blogger José Manuel Dias said...

Caro Nélson Peralta

O que foi dito no programa de governo foi " as Scuts permanecerão como vais sem portagem enquanto se mantiverem as condições em nome da coesão nacional e territorial, a sua implementação quer no que se refere aos indicadores de desenvolvimento sócio - económico, quer no que diz respeito ás alternativas de oferta rodoviária". o MOPTC divulgou um relatório que explicita as alaterações. É bom saber do que falamos para opininarmos de modo consistente.
Sobre a situaçõ adas Finanças : não existe nenhum culpado mas, como sabe, somos todos responsáveis. Pensamos primeiro em direitos e só depois em deveres.
Cumps

sábado, outubro 21, 2006 10:14:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

Bem sei das condições para que as SCUTs deixem de ser gratuitas.

Como vem hoje no JN a do tempo do percurso alternativo não está conforme. E custa-me a crer que em apenas um ano a região de Aveiro tenha suplantodo todos esses índices sendo que o desemprego por aqui é acima da média nacional.

domingo, outubro 22, 2006 12:17:00 da manhã  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home