terça-feira, outubro 03, 2006

Portugal corporativo

Como é possível que para trabalhar, exercer uma qualquer profissão, seja obrigatório pertencer a uma qualquer organização? Sempre tive esta opinião sobre as Ordens profissionais, cuja justificação para a sua existência está bem patente na continuação deste texto:
Sou licenciado em Economia. Tenho dois mestrados e um doutoramento em Economia. Sou professor de Economia numa universidade pública. Sou membro da Associação Económica Europeia. Tenho artigos publicados em revistas científicas internacionais de Economia. Com todas estas qualificações, o Estado português não me reconhece como economista. Porquê? Porque não estou inscrito na Ordem dos Economistas.
(...)
Resta-me, sempre que quiser elaborar um destes estudos, pedir a um meu aluno que assine por mim.
(...)
Continuar a ler n'A destreza das dúvidas. No mesmo texto é ainda possível ler uma citação de Adam Smith com a qual concordo... onde irá parar o mundo?

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home