terça-feira, novembro 21, 2006

Partenon dos tempos modernos

A Associação de Feirantes quer meter os políticos fora das feiras nas campanhas eleitorais, caso o Governo não ceda às suas reivindicações! "Que vão para os hipermercados fazer campanhas"!

De notar que o jornalismo sério do Correio da Manhã não resistiu a mandar a boca ilustrada "Paulinho das Feiras". Estragaram logo a piada fácil.

2 Comments:

Blogger migas (miguel araújo) said...

Viva Nelson
Pelos vistos o prémio deu para um blog novinho, lavadinho e, obviamente mais atraente. Parabéns.

Logicamente, à boa maneira lusa, não há bela sem senão.
Tinha que falar na família.
Sejamos honestos nas observações.
Ilustraram assim. Uma opção editorial. Tudo bem.
Mas não ficava a trás ver a do irmão, seu companheiro ideológico.
A bem da verdade, apenas!
Cumprimentos

quarta-feira, novembro 22, 2006 7:32:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

Quando digo "jornalismo sério" estava a ironizar já que passa como texto jornalismo uma piada fácil. Nem se trata de opção editorial, só de mau jornalismo. Contudo se ler o recém-publicado estatuto editorial do Correio da Manhã julgo que ficaria bastante satisfeito. Até o momento da publicação, dezenas de anos depois da fundação, foi-o com intuitos ideológicos.

Muitos são os políticos que fazem do mercado o seu habitat natural. Agora não posso deixar de reconhecer que Paulo Portas foi em tempo o melhor exemplo disso mesmo. Contudo, desde há alguns anos que isso acabou para dar lugar à imagem de "Paulo, O Estadista".

A ida a feiras melhora o número de votos, mas não a democracia. Os políticos vão aos mercados nas campanhas não para ver as suas condições e as vidas das pessoas mas para serem vistos. Vistos mas não por aquelas pessoas, mas sim na televisão. Era mais importante par a democracia que fossem uma qualquer domingo ao mercado às compras e falar com as pessoas sem câmaras atrás.

Considero muito penosas as infindáveis horas estéreis de televisão gastas em mercados e beijinhos sem que veicule uma única ideia do candidato. Apenas contabiliza o número de beijos babados.

quarta-feira, novembro 22, 2006 7:57:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home