sexta-feira, janeiro 26, 2007

Um estudo científico

A não perder um "estudo" de Luís Botelho Ribeiro no site da Plataforma do Não.

"De acordo com o docente, Portugal é o terceiro melhor país do mundo para nascer
Portanto de acordo com o estudo, Portugal é um melhor local para se nascer do que Suécia, Noruega, Dinamarca, Finlândia, Holanda, Espanha, Alemanha, França, Inglaterra, Bélgica, Itália, Estados unidos, etc... [Lembrem-se que se trata de um "estudo científico" e não de um tratado nacionalista]

"Entre os indicadores utilizados no estudo encontram-se dados estatísticos tais como a taxa de fertilidade e a taxa de mortalidade materna, enquanto que no enquadramento legal definia-se se o aborto estava ou não legalizado." * "caso o aborto seja despenalizado Portugal desceria para o décimo lugar." * "este estudo vem demonstrar que o aborto legal e livre significa um retrocesso em termos de desenvolvimento sustentável de uma sociedade"

Ora, o estudo elabora o ranking em que um dos critérios é a legislação sobre o aborto. Depois as conclusões do estudo: Portugal desce no ranking caso a IVG seja despenalizada. A conclusão é a premissa inicial, nada mais científico.

"Esta foi a principal conclusão do estudo do docente da Universidade do Minho"
Esta expressão faz-me lembrar aqueles tipos de bata branca que aparecem nos anúncios dos detergentes a dizer cientificamente comprovado.

2 Comments:

Blogger OLHO NÚ said...

ahahaha! O último parágrafo está demais!... e, o espelho não engana.

sábado, janeiro 27, 2007 10:27:00 da manhã  
Blogger Nelson Peralta said...

Cuide da sua máquina com Calgon!

domingo, janeiro 28, 2007 10:24:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home