quinta-feira, julho 17, 2008

Segredos sujos, mas valiosos

A Nestlé pagou 65 milhões de euros à Securitas para infiltrar um ex-agente policial na ATTAC de Lausanne. A ONG preparava um livro sobre os aspectos mais obscuros da multinacional. A espionagem durou um ano e foi do conhecimento da polícia local, ou o Estado não escolhesse sempre o lado do capitalismo. O caso foi divulgado nesta reportagem televisiva.

Curiosamento, em Portugal isto apenas foi noticiado no esquerda.net. Mais ninguém pegou na notícia. É compreensível, na última semana os jornais estiveram todos ocupados com o Pablo Aimar.

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Rui Maio said...

ora bolas! eu que tanto gosto de cereais chocapic e de nestum, agora ao pequeno-almoço lá terei de comer Arrozitos do Pingo Doce! "Habituem-se!" como disse António Vitorino...

sexta-feira, julho 18, 2008 12:22:00 da manhã  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home