quinta-feira, dezembro 21, 2006

As Misericórdias e o Aborto

"as Misericórdias são organismos católicos e que devem obediência ao titular da diocese onde se inserirem" diz a Conferência Episcopal Portuguesa. Assim, anunciam que os seus hospitais não efectuarão a prática do aborto. A notícia como é óbvio é a capa do Correio da Manhã com exclusivo apregoado, pudera. Podem ler mais sobre a postura deste jornal aqui.


Nada a opor à decisão. Mas se não é à legislação nacional que estes hospitais obedecem mas sim à diocese, então a relação com o Estado deve ser nessa base. É assim questionável que estes hospitais tenham financiamento estatal e que a Misericórdia detenha o monopólio do jogo atribuído pelo Estado.

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home