terça-feira, fevereiro 13, 2007

Aveiro, capital lamechas

A Câmara Municipal de Aveiro apresenta para amanhã a iniciativa "Vem Namorar Em Aveiro".

A estratégia de Turismo da CMA parece passar por instituir Aveiro como a capital lamechas de Portugal. Admito que consigo viver com isso... desde que não seja 365 dias por ano. A tolerância do meu organismo não dá para tanto. Admito ainda que, se o objectivo é somente atrair turistas, há iniciativas bastante mais eficazes.

Acrescento que, etimologicamente, a expressão "religião católica" utilizada no anúncio do site da CMA não é a aplicação mais correcta do termo religião.

Quanto ao que eu penso sobre o Dia dos Namorados podem ler o meu texto do ano passado, Romantismo versus Reflexo Condicionado: "(...) Uma flor num dia banal, um presente num dia surpresa, uma simples carícia não premeditada não terá mais valor que o jantar e perfumes obrigatórios neste dia!?"

Imagem gamada daqui.

3 Comments:

Blogger JMO said...

Caro Nelson,

Só dois esclarecimentos:

1 - Comemorar o dia dos Namorados, apoiando a economia local é ser uma cidade lamechas? Então óptimo...

2- A informação que está no site é uma informação complementar, como imaginas.

segunda-feira, fevereiro 19, 2007 6:19:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

JMO,

O "então óptimo" também está escrito no meu texto sob a forma de "admito que consigo viver com isso".

A minha oposição é principalmente ao processo de aculturação do Dia dos Namorados, como está explicito no link deixado no texto.

Não compete à CMA realizar apenas iniciativas de agrado aos meus preceitos culturais. Tal como não me cabe a mim a obrigação de gostar de todas as iniciativas da CMA. Tolero muito bem a iniciativa, apesar de não simpatizar com o patrocínio desta aculturação por parte da autarquia.

Reparei que nessa noite as ruas estavam repletas de pares. É uma incógnita mas julgo que, mesmo apenas com a demanda do perfume, as ruas estariam cheias.

Quanto à política de turismo, já aqui me confessei um entusiasta da Marca Aveiro - pese embora a persistência da Rota da Luz. Aguardo ainda a sua colocação na prática para a ver na sua globalidade. A soma das iniciativas não permite ainda vislumbra-la.

segunda-feira, fevereiro 19, 2007 9:44:00 da tarde  
Blogger JMO said...

Quando avançarmos com os próximos passos, certamente contaremos também consigo.

abraço

quarta-feira, fevereiro 21, 2007 5:44:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home