sexta-feira, abril 25, 2008

A Junta que caiu sem o saber

1. Moção de Censura aprovada por unanimidade

O público na reunião da AF Canedo de ontem, foto do Jornal Correio da Feira

Ontem, a Assembleia de Freguesia de Canedo (Santa Maria da Feira) aprovou por unanimidade uma moção de censura. Para além de ser claro o que é uma moção de censura, o texto explicitava que os eleitos perdiam o mandato (inclusive os da maioria PSD).

A moção de censura foi apresentada pelo PS, o Presidente da Assembleia mostrou não saber muito bem o que fazer com aquilo, dizendo que a ia juntar aos outros papéis. A população presente em grande número lá gritou que uma moção tem que ser votada. Então o dito presidente aceitou a moção, leu-a em voz alta e colocou-a a votação.

Numa primeira votação houve elementos do PSD que não votaram de forma nenhuma. Na repetição - com o Presidente da Assembleia a apregoar o seu voto a favor - registou-se a unanimidade: todos votaram favoravelmente!! Dada por terminada a reunião, os elementos do PSD estavam convencidos que a Junta não tinha caído e que tinham apenas aprovado uma moção contra o aterro. Como o Correio da Feira relata este «momento hilariante», a Junta de Freguesia caiu «mesmo que tenha ficado a ideia que houve membros que não saberiam, muito bem, o que estavam a votar», e mesmo que o Presidente da Junta garanta que continue na Junta! [Moção de Censura, via Kouzas e Louzas]


2. Já não há fascistas como antigamente

A reunião contou com várias intervenções do público. Um senhor afirmou que tinha estado três anos naquela Junta de Freguesia no tempo de Marcelo Caetano, declarando com orgulho «sim, eu sou fascista». No final da votação que ditou a queda da Junta e em plena noite de 24 de Abril, a população presente gritou "o povo unido jamais será vencido", o nosso fascista também...

Etiquetas: , ,

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

isto é verdade? é que se for é inacreditável!

segunda-feira, abril 28, 2008 1:40:00 da manhã  
Blogger Nelson Peralta said...

É verdade.

Agora o Presidente da Junta e demais elementos do PSD dizem que as Juntas não caem por moções de censura! Isto apesar do texto da dita moção ser bem explícita.

Vou estar atento ao resto da novela.

segunda-feira, abril 28, 2008 10:39:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Caro Nelson,

Talvez dar uma espreitadela à Lei das autarquias locais.

A unica hipotese de a junta ter caído (feliz termo), é se conseguir imaginar que a moção de censura consubstancia uma declaração tácita de resignação aos lugares. (tem de ser individual e expressa)

Ainda assim, e para que nao comece já com as suas habituais atoardas, informo que os membros do executivo não fazem parte da assembleia de freguesia.

Para um tão alto responsável .. nao lhe fica bem.

segunda-feira, abril 28, 2008 11:37:00 da manhã  
Blogger Nelson Peralta said...

Foi este o texto aprovado por unanimidade: «A aprovação desta Moção de Censura significa a renúncia de todos os elementos do PSD...», entre bastantes críticas explícitas à actuação dos elementos do PSD na J.F. e na A.F..

Mande as "atoardas" que entender, a coisa permanece ridícula, absurda e anedótica!

segunda-feira, abril 28, 2008 12:51:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home