terça-feira, junho 10, 2008

A pergunta central

Depois de quatro anos de negociações, os ministros europeus aprovaram hoje a Directiva do Tempo de Trabalho, chegando a acordo sobre a possibilidade de prolongar a semana de trabalho das actuais 48 horas até às 65 horas, se assim o entenderem o funcionário e a empresa. O documento ainda tem de ser votado no Parlamento Europeu.

Para que queremos o progresso tecnológico? Para aumentar a produção ou para reduzir a jornada de trabalho?

Adenda: Gosto particularmente da parte «se assim entenderem o funcionário e a empresa». Dá uma ideia de igualdade, como se a relação de forças entre empregador e empregado fosse a mesma. Como se o exército de reserva de desempregados não existisse exactamente para desequilibrar a balança de oferta e procura em favor do empregador. Como se isso aliado às novas formas de relação laboral, precarizada, não implicasse uma relação de come e cala.

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home