sexta-feira, dezembro 19, 2008

Conhece o Mosteiro do Jerónimo?

As futuras instalações do Pingo Doce, haja quem pague

O governo apresentou uma proposta de lei onde se lê que a "gestão do património histórico passará a ser feita em nome de ‘novas exigências económicas e sociais que apontam no sentido da rentabilização do domínio público" e "de uma ‘riqueza colectiva a explorar'".

Temos portanto que para o governo, os monumentos históricos e a memórica coletiva nada mais é do que uma qualquer mercadoria pronta a ser transacionada no mercado caso se trate de um bom negócio.

Etiquetas: ,

1 Comments:

Blogger avc said...

Se calhar estas "ideias" já são fruto de muitas horas de estudo em frente a um Magalhães!

Cumprimentos.

sábado, janeiro 03, 2009 12:53:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home