segunda-feira, janeiro 26, 2009

A apropriação tem limites!?


O projecto para a nova Constituição da Bolívia foi aprovado em referendo por 60%, mas mais extraordinário é o resultado a uma pergunta anexada sobre qual o limite máximo de extensão de terras que um proprietário pode deter: 79% escolheu 5 mil hectares contra 21% que votou 10 mil hectares.

A limitação da propriedade fundiária assume importância não só nesta Constituição de cariz socializante, mas também em toda a filosofia liberal. O facto desta limitação parecer absolutamente invulgar e fora da "normalidade" actual, diz muito sobre aquilo que os neo - senhores do regime vigente - fizeram à sustentação filosófica do liberalismo e ao seu objectivo de melhorar a vida individual e em sociedade...

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home