sábado, janeiro 03, 2009

De ataque defensivo em ataque defensivo

8 Comments:

Blogger Didas said...

É tão defensiva como se eu der um tiro a quem me venha roubar uns trocos. É uma questão de proporcionalidade.

domingo, janeiro 04, 2009 12:43:00 da manhã  
Anonymous Ze Árabe said...

Cara Didas,

E se quem vier roubar os trocos, tentar roubar todos os dias, cada vez com mais violência e só não te dá um tiro porque nao tem dinheiro para comprar uma arma ... Ahh! E jura a pé juntos que logo que tenha dinheiro compra tal arma para te dar um tiro!!????

domingo, janeiro 04, 2009 4:53:00 da tarde  
Blogger João Dias said...

Como sempre não existem ofensivas, estão sempre a precaver-se do mal que aparece nas bolas de cristal.

Acontece que essa lógica é tão verdade para uma facção quanto para a outra, logo quem a tenta usar está a dar um tiro no pé...mas um tiro defensivo, claro.

domingo, janeiro 04, 2009 6:03:00 da tarde  
Anonymous Ze Árabe said...

E quem tentou, ora diga lá
??

Eu também concordo consigo, nem uma facção nem outra. Convenhamos é que o amigo Peralta só fala aqui sobre isso quando Israel tem culpas no cartório!

Pontos de vista ... Deve ser coincidência com certeza.

domingo, janeiro 04, 2009 7:07:00 da tarde  
Blogger João Dias said...

O meu caro tentou, deve estar arrependido, ainda bem. Repare que você contra-argumentou perante alguém que dizia se tratar acção ofensiva e não defensiva, está apresentar argumentos que se baseiam em processos de intenção. Repare, se um indivíduo disser "eu mato-te" e eu preventivamente matá-lo a ele, quem é que vai para a cadeia? Pois é. Apesar de eu ser precavido, acabo por ir eu para a "choldra", porque o acto em si é bastante mais gravoso do que as palavras que o descrevem.

Israel tem imensas culpas no cartório, aliás o Hamas é um problema criado por Israel:

"Israel and Hamas may currently be locked in deadly combat, but, according to several current and former U.S. intelligence officials, beginning in the late 1970s, Tel Aviv gave direct and indirect financial aid to Hamas over a period of years. Israel 'aided Hamas directly – the Israelis wanted to use it as a counterbalance to the PLO (Palestinian Liberation Organization),' said Tony Cordesman..."

Se ainda por cima o problema Hamas foi criado por Israel, mais uma razão para que os civis palestinianos sejam poupados. Nem os civis israelitas devem pagar por isso nem os palestinianos.

Na minha opinião, esta é uma ofensiva militar com intenções políticas, quer a nível interno devido à proximidade de eleições quer a nível externo no sentido de "marcar posição" perante um novo líder nos EUA.

segunda-feira, janeiro 05, 2009 12:15:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

E Israel, quem criou Israel?

Se tivessem creiado aquele estado no seu quintal ficariamos todos muito masi sossegados com certeza.

segunda-feira, janeiro 05, 2009 4:24:00 da tarde  
Blogger João Dias said...

Tivesse eu um quintal...

terça-feira, janeiro 06, 2009 3:05:00 da manhã  
Blogger João Dias said...

Este comentário foi removido pelo autor.

terça-feira, janeiro 06, 2009 3:06:00 da manhã  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home