sexta-feira, maio 08, 2009

Apanhar balas com a nuca

Bansky

No noticiário da SIC, em directo do Bairro da Bela Vista onde populares protestavam contra a acção da GNR, a jornalista descreveu os acontecimentos da véspera com esta expressão enigmática: «...um jovem de 20 anos que apanhou uma bala da GNR na nuca», assim mesmo e sem outra explicação.

Etiquetas: ,

9 Comments:

Blogger BaD said...

sao uns selvagens estes polícias...tss tss

sexta-feira, maio 08, 2009 1:49:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

"sao uns selvagens estes polícias...tss tss"

mas é que, às vezes, são mesmo.

Não é por acaso que Portugal aparece na lista negra da Amnistia Internacional

sexta-feira, maio 08, 2009 4:57:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Vou comentar sobre o caso ocorrido no bairro da Bela Vista, em Setúbal, e que não é o primeiro.

O tal "Toninho", que morreu vítima dos tiros da polícia durante a sua fuga depois do assalto a uma caixa multibanco, podia ter parado quando foi interceptado pela policia e se o tivesse feito ainda estaria vivo. Porque não o fêz ? Porque é que a polícia apenas pode correr e agarrar à mão um criminoso que não acata as ordens de parar? Então os agentes terão que ser atletas criteriosamente escolhidos para a missão de captura em corrida, de contrário não há maneira de parar os actuais ladrões.

Nos crimes violentos, como foi o caso, desde que não haja a dúvida de que a ordem de "PARAR" foi compreendida, as autoridades devem ter toda a legítimidade para parar o fugitivo a todo o custo mesmo que o preço fosse a sua vida.

É desejável que isso não aconteça mas não podemos exigir que a polícia seja uma espécie de "robot cop" ou "Xeriff" preciso e infalível e o problema é que muitas pessoas estão habituadas aos filmes do tipo "Robot cop", "Van Damme", "Far West". Aí o herói é sempre o último a sacar da arma mas é o mais rápido e certeiro, só que isso passasse nos filmes e na vida real muitas vezes quem vence é o "mau da fita".

Quando o criminoso decide a fuga e é atingido apenas será de lamentar a sua insensata decisão.

Zé da Burra o Alentejano

sexta-feira, maio 08, 2009 5:00:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

Zé da Burra, pretende transformar a polícia num esquadrão de execução ainda antes de julgamento e que actue até em crimes contra a propriedade...

Aí está uma caso onde um estado securitário é o mais inseguro de todos!

sexta-feira, maio 08, 2009 5:30:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O ZÉ DA BURRA TEM RAZÃO, VOCÊ N. PERALTA ESTÁ ERRADO E TENHO PENA QUE PENSE ASSIM POR DUAS RAZÕES. 1º PORQUE É GRAÇAS A PESSOAS ASSIM QUE ESTE PAÍS ESTÁ INSEGURO E MUITOS DOS CRIMINOSOS PRESOS COM TANTO TRABALHO SÃO POSTOS EM LIBERDADE DE IMEDIATO. EM 2º PORQUE VOCÊ TEM O MEU APELIDO "PERALTA".
EXISTEM POUCOS PERALTAS EM PORTUGAL...POR ISSO GOSTAVA DE SABER QUAIS AS SUAS ORIGENS. SERÁ QUE COINCIDEM COM AS MINHAS? FICO A AGUARDAR A SUA RESPOSTA.

domingo, maio 10, 2009 11:28:00 da manhã  
Blogger Nelson Peralta said...

Caro anónimo,

Usar maiúsculas é gritar!

Vejo que a solução para si também é a polícia executar cidadãos. Espero que nunca seja polícia ou decisor sobre as polícias.

Quanto a perguntas pessoais, tem o meu mail afixado no blogue.

domingo, maio 10, 2009 12:57:00 da tarde  
Blogger João Dias said...

Assalto a caixa multibanco dá direito a tiro na nuca...acho muito bem. A mim quando me comem um pedaço de comida eu decapito a pessoa que faz isso, é uma questão de justiça.

Não deixa de ser curioso que se fale tanto e de forma pejorativa sobre terrorismo e no entanto até se nutra tanta simpatia pelos seus valores.

A que é que será que dá direito os grandes assaltos, tipo usar offshores para pagar despesas pessoais, apropriação de bens públicos, exploração laboral...até tremo de pensar.

domingo, maio 10, 2009 1:14:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

CARO NELSON PERALTA, MUITO ME ESPANTA QUE UMA PESSOA TÃO ANTI-POLICIA SE PREOCUPE COM CONVENÇÕES, ESQUECA OS GRITOS, SE ESCREVO COM MAÚSCULAS É PORQUE NÃO VEJO BEM AS PEQUENAS.
POR FAVOR EXECUTAR PESSOAS!!!!????
TENHA DÓ!!!!
DÁ PARA VER QUE NUNCA VIVEU NENHUMA SITUAÇÃO COMPLICADA COM BANDIDOS NEM MARGINAIS, DE CONTRÁRIO NÃO FALARIA ASSIM.
QQ PERALTA

terça-feira, maio 12, 2009 10:33:00 da manhã  
Blogger Nelson Peralta said...

E o anónimo que grita já viveu uma alguma "situação complicada com bandidos ou marginais"?

terça-feira, maio 12, 2009 12:00:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home