quinta-feira, julho 26, 2007

Devagar, devagarinho


«O responsável pelo processo da candidatura da Ria de Aveiro e do Moliceiro a Património da Humanidade diz que estão a ser dados apenas os primeiros passos de uma longa caminhada. "Pode levar décadas. Não pode ser medido em meses ou anos"»

Pois, e quanto mais tarde se começa pior! A primeira vez que surgiu a proposta para a qualificação da Ria de Aveiro como Património da Humanidade foi em 1993 pela candidatura autárquica da UDP.

E qual é o motivo para não se avançar para a qualificação enquanto Reserva Natural? Quando a vontade é pouca até a bola atrapalha; quando se quer marinas e betão estes estatutos atrapalham...

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home