quarta-feira, abril 02, 2008

Diz o roto do nu

Relativamente ao empréstimo pedido pela Câmara Municipal de Aveiro e chumbado pelo Tribunal de Contas: «O chumbo penaliza todos os fornecedores que esperavam que a Câmara tivesse capacidade de resolver o problema», lamentou Nuno Marques Pereira [Vereador PS].

A dívida é obra da gestão do Partido Socialista. Comprovadamente, a CMA não tem capacidade para a pagar, tendo que contrair um empréstimo de 58 milhões a uma entidade bancária para pagar a curto-prazo parte da dívida. Esse empréstimo é chumbado por uma lei de financiamento autárquico elaborada pelo Partido Socialista [veja-se o que escrevi a propósito do empréstimo de Lisboa]. A incapacidade de cumprir os compromissos assumidos prejudica todos os munícipes e descredibiliza a CMA, mas o PS já lavou as mãos e a consciência.

Etiquetas: ,

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Ó sr peralta,

Mas é o PS que tem de resolver ou quem ganhou as eleicoes a dizer que o resolvia?

E o bloco de esquerda que obrigações é que tem? nenhumas? vai-se eximir das sua responsabilidades e esquecer-se que também é um partido político?

Como é sr peralta?

quarta-feira, abril 02, 2008 4:22:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ó sr. anónimo,

mas então o PS assume que gerou dívida? E o sr. anónimo fala em nome desse PS? E quem erra não deve ser penalizado?

E o Vereador M. Pereira não estava em funções, de assessor é certo, mas em funções, na altura?

E, sr. anónimo, porque razão o PS deixou as coisas chegarem onde chegaram? É que afinal o sr. anónimo admite que alguma coisa, muita talvez, há para resolver.

Santa hipocrisia, para não lhe chamar outra coisa.

Anónimo

quarta-feira, abril 02, 2008 6:00:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

lol

já tinha visto muitos anónimos, mas nunca um autor de um blog anónimo.

Ass: o anónimo

quinta-feira, abril 03, 2008 12:34:00 da manhã  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home