terça-feira, dezembro 09, 2008

A vida familiar dos deputados e as quecas dos trabalhadores

Acabei de ouvir o deputado do PSD Guilherme Silva a falar na TSF [ouvir aqui] a propósito da ausência de 30 deputados do PSD (num total de 75) na votação que suspendia a avaliação dos professores.

Guilherme Silva defende que deixe de haver plenário às sexta-feiras no Parlamento, já que muitos deputados são de fora de Lisboa e precisam de mais tempo para a sua vida familiar. Não deixa de ser enternecedor que quem aprovou sucessivamente códigos de trabalho que desregulam horários e jornadas laborais ao ponto de casais de trabalhadores terem dificuldade em se encontrarem juntos em casa (ou então encontrarem-se demasiado cansados) para dar uma simples queca, esteja agora tão cioso da sua vida familiar. Acaso vão propor que os trabalhadores também possam ser dispensados à sexta-feira para estar com a família ou se dedicarem a si?

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home