sexta-feira, janeiro 01, 2010

A democracia de colarinho

(Carlos Santos, o último senhor feudal à direita)

Na última reunião da Assembleia Municipal, confrontei o Vice-Presidente da CMA, Carlos Santos, com a contradição entre as suas declarações (reforço do equipamento da equipa municipal que gere e trata as zonas verdes da cidade) e a recente adjudicação a uma empresa privada do tratamento e gestão de algumas áreas verdes da cidade sob o argumento que isto sairia mais barato que reforçar a tal equipa municipal.

O Vice-Presidente, para quem as novas zonas verdes da cidade são vistas como uma chatice, não terá gostado da pergunta. Começou a sua intervenção anunciando uma grande resposta à minha questão, que ficaria reservada para o fim. Prosseguiu respondendo às questões de outros deputados e quando chegou à minha, não respondeu, e em jeito de grande crítica saiu-se com um: "ainda há dias, na recepção ao Presidente da Assembleia da República, apareceu na cerimónia um membro do Bloco de Esquerda de sapatilhas!"

Esta afirmação revela bem o atavismo do Vice-Presidente e, ao caracterizar tão bem a classe dirigente aveirense, mostra as razões do nosso atraso. Para o Vice-Presidente, mais importante que o voto popular é o calçado. Já sabemos, na sua democracia representativa o trabalhador só entra se tiver dinheiro para o sapatinho de verniz.

Ora, esta acusação não seria grave - seria apenas risível - não fosse o caso do Vice-Presidente estar a mentir e mesmo depois de confrontado manter a mentira no ar. No dia e hora da dita cerimónia, os elementos do BE que estavam disponíveis para trabalho político estavam presentes na iniciativa da União de Sindicatos de Aveiro sobre a parceria das águas.

Usar a mentira para não responder a uma questão política é cobardia e assunto sério.

Etiquetas: , ,

13 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Diz Vexa - "Usar a mentira para não responder a uma questão política é cobardia e assunto sério."

Assim sendo, se conseguir diga lá se podia o Bloco de Esquerda ter impedido o que estranha no seu site - "BE considera que a alteração da ordem de trabalhos efectuada apenas no início da reunião de quarta-feira fazendo com que a proposta tenha - ao contrário do que era previsível - sido discutida e votada nesse mesmo dia e sem aviso prévio visou discutir este assunto novamente nas costas dos cidadãos, nomeadamente dos trabalhadores dos SMA que assim não puderam estar presentes num assunto de relevante interesse para o município."??

domingo, janeiro 03, 2010 6:32:00 da tarde  
Blogger Rui Maio said...

Acho que à entrada deste tipo de eventos deviam estar vendedores ambulantes com calçado apropriado para se entrar, um pouco à semelhança do que acontece em alguns restaurantes onde só se pode entrar com gravata. Caso se queira entrar, mas não se tenha o "dress code" apropriado, é simples: basta alugar a gravata ou o calçado e já pode seguir a cerimónia!

"Completamente ridóculos!" e ainda por cima, fútil!

domingo, janeiro 03, 2010 11:43:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mentira tua, Nelson Peralta. Na acção das águas não estiveram presentes. É mais fácil apanhar um mentiroso, ainda para mais do BE e de sapatilhas.
Assumam o que são, sem medos, agora não acusem os outros de dizerem mentiras quando também as dizes

segunda-feira, janeiro 04, 2010 1:28:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

Este ultimo anônimo tem um grande sentido de humor :)

Visivelmente incomodado, mas com sentido de humor...

segunda-feira, janeiro 04, 2010 2:08:00 da tarde  
Blogger João Dias said...

O anónimo está enganado, o BE esteve presente na acção das águas.

segunda-feira, janeiro 04, 2010 4:23:00 da tarde  
Blogger Rui Maio said...

Caro Anónimo de Segunda-feira, Janeiro 04, 2010 1:28:00 PM:

o seu comentário é duplamente mentiroso. Em primeiro porque diz que o Nelson Peralta está a mentir (o que é falso). Depois, porque o BE marcou presença durante toda a acção das águas e até lhe dizer posso mais: os membros do BE que lá compareceram levavam sapatilhas calçadas!

terça-feira, janeiro 05, 2010 3:09:00 da tarde  
Anonymous Joana Dias said...

E não esteve um, mas cinco membros do BE. Dois dos quais intervieram, inclusivamente!
É preciso ter lata!
Das duas, uma: ou é ignorante (porque não sabia, e, sendo assim, calava-se) ou é desonesto (porque sabia, mas mente)!
A escolha é sua! Mas não é fácil!

terça-feira, janeiro 05, 2010 10:36:00 da tarde  
Anonymous Xavier Dias said...

é preciso ter lata para criticar os outros partidos... quando se anda na politica para arranjar "wok's" não é sr. peralta? já sentido de humor não tem nenhum... visto não aceitar que anda a parasitar os imberbes que o seguem...

façam politica. mas com cuidado.

quarta-feira, janeiro 06, 2010 11:15:00 da manhã  
Blogger Nelson Peralta said...

Estou a ver que esta história do Vice-Presidente incomodou muito e muita gente, que curiosamente se escondem atrás de anonimato ou de pseudónimos...

quarta-feira, janeiro 06, 2010 1:18:00 da tarde  
Blogger João Soares said...

Olá Nelson
Vim desejar-te um Bom Ano Novo. E que todos os 365 novos dias sejam um desafio e continuação de preservação da natureza, harmonia e paz. Um abraço.

sábado, janeiro 09, 2010 12:31:00 da tarde  
Anonymous temos de aguentar said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

segunda-feira, janeiro 11, 2010 12:59:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

segunda-feira, janeiro 11, 2010 7:48:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tantos comentarios eliminados.

Pelos vistos, como o senhor diz, os comentarios incomodam, é bom sinal.

terça-feira, janeiro 12, 2010 7:07:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home