sexta-feira, setembro 19, 2008

Guernsey: a ilha do capitalismo impossível


Esta semana, para fazer face à crise, os principais bancos centrais criaram uma quantidade obscena de dinheiro. Os guardiões do sistema redundam que é assim porque é assim, porque tem que ser assim e não pode ser de outra forma. Esta malta nem sequer concebe que no sistema capitalista existem - e existiram - muitos mais sistemas monetários.

Apresento-vos Guernsey, uma dependência da Grã-Bretanha situada no canal da mancha. Uma ilha capitalista como qualquer outra. A sua única particularidade é ter dois tipos de moeda. Dispõe da libra esterlina, "dinheiro como o nosso", criado a partir da dívida. Basicamente um tipo vai pedir um empréstimo a um banco e assina o papel a dizer que o paga mais juros. Esta promessa de pagamento é o que leva o banco central (privado) a criar esse dinheiro e a o entregar ao banco que o empresta ao tipo e ganha rodos de dinheiro com isso [para uma explicação mais completa ver o vídeo que há muito está na coluna direita]. Este dinheiro representa dívida e tem juros.

Mas Guernsey dispõe também da sua própria moeda que emite quando realiza obras públicas. Assim em vez de pedir a um banco central que crie esse dinheiro (e que lhe cobre uma quantia exorbitante de juros), o próprio Estado cria esse dinheiro (igualmente a partir do nada) reduzindo drasticamente a necessidade de impostos. Guernsey cria assim dinheiro enquanto crédito (ao invés do dinheiro enquanto dívida) e usa-o para pagar as obras que faz.

Estas libras emitidas pelo Estado de Guernsey são universalmente aceites e são convertível em paridade por libras esterlinas. O que é óbvio já que - independentemente da forma,-quando é criado dinheiro para um Estado, ele endivida-se, e é certo que o pagará porque dispõe de autoridade e mecanismos para tal, nomeadamente os impostos.

A nota de Guernsey elucidada bem o que é o dinheiro:
  • By Authority of the States: na realidade o dinheiro não é nada a não ser uma representação social de valor (e uma mercadoria) que é aceite já que dispõe de uma certa autoridade.
  • The States of Guernsey Promisse to Pay the Bearer on Demand the Sum of: o dinheiro tanto num sistema como no outro é uma promessa de pagamento.

E pronto, acabaram-se os juros, a dívida pública e a escravidão dos estados e dos cidadãos em relação à banca. De notar que os Estados Unidos da América até 1971 também tiveram este sistema misto, mas esse é assunto para outro post.

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home