quarta-feira, abril 15, 2009

1929 revisited


Xutos & Pontapés - Sem Eira Nem Beira

Desde Janeiro já foram anunciados mais de 778 mil despedimentos em todo o mundo, aqui está uma nova oportunidade de negócio: o exército de reserva aumenta logo, como o trabalho é uma mercadoria, pode-se efectuar um dumping social na contratação... por cá o código de trabalho já está atento a esta nova realidade, os novos contratados serão mais precários. O desemprego só se torna um problema quando se transforma em contestação social, até lá é essencial à economia.

Preços anuais recuam nos EUA pela primeira vez em mais de meio século, aí está uma nova oportunidade de negócio para quem anda a armazenar dinheiro. Os bancos centrais andam a injectar quantidades alucinogénas de dinheiro no sistema, a taxas quase de borla. Contudo vemos nas notícias que o crédito é rarefeito, que é quase impossível obter um e que as hipotecas estão a ser executadas. Ou seja, a banca está a armazenar o dinheiro "novo" e a ir buscar o "velho", sem dinheiro a circular a economia colapsa, as empresas fecham, surge uma crise de deflação. Ora, nesse cenário onde as fábricas, os recursos e tudo o mais ficam mais baratos (ou o dinheiro a valer mais, dado ter-se tornado numa mercadoria mais rara) quem é que têm liquidez para comprar tudo? Quem andou a armazenar dinheiro há nossa custa.

Etiquetas: , , ,

5 Comments:

Anonymous ZÉ MAIÚSCULAS said...

SE QUERIA COLOCAR O VIDEO DOS XUTOS ( ATENCAO QUE A MUSICA ESTA BOA) ESCUSAVA DE TER INVENTADO PRETEXTOS ... SE QUER DIZER MAL, DIGA À VONTADE!!!

quarta-feira, abril 15, 2009 6:42:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

ZÉ MAIÚSCULAS,

Obrigado pelo importante contributo.

quarta-feira, abril 15, 2009 6:47:00 da tarde  
Blogger Zé Bonito said...

Pois é, mas o truque tem limites. Tal como já se viu nos anos 30, enquanto não se limitar o desemprego, não se consegue interromper o círculo vicioso da crise. Claro que é um momento favorável à concentração de capital.

quarta-feira, abril 15, 2009 6:58:00 da tarde  
Blogger Nelson Peralta said...

Zé Bonito,

A questão é mesmo essa, a crise é um excelente momento de acumulação e monopolização de capital, o desemprego é "apenas" um problema das pessoas...

quarta-feira, abril 15, 2009 7:28:00 da tarde  
Anonymous Joana Dias said...

Isto porque o capitalismo... enquanto não lhe doer... quer que as pessoas de f****!
Mas as pessoas também se chateiam! E muito...
E isso já esteve mais longe!
O império romano era o que era e também caiu às mãos dos escravos!

quarta-feira, abril 15, 2009 10:57:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home