segunda-feira, dezembro 22, 2008

Não há fundação? Não há dinheirinho!


No dia em que o Público tem na sua capa que «[n]os últimos três anos, as transferências do Estado para as instituições de ensino superior têm vindo a diminuir e já não chegam para cobrir as despesas correntes», eis que para o lado de Aveiro se deu o milagre das rosas e, para aquilo que não havia dinheiro, passou a haver e para muito mais: a Universidade de Aveiro passa a Fundação pública de direito privado e é contemplada com um contrato-programa com o ministério que prevê «o reforço das infra-estruturas e equipamentos, científicos e de ensino, a contratação de recursos humanos qualificados e o desenvolvimento de medidas específicas de apoio aos estudantes».

A chantagem está bem à vista. Ou aceitam o modelo de Fundação e a consequente mercantilização do ensino e da ciência, com os interesses privados com assento na direcção da mesma e a tomarem as decisões sobre um serviço de interesse público e colectivo, ou então definham sem dinheirinho!

Etiquetas: , , , ,

1 Comments:

Anonymous Zé Nazaré said...

Vamos lá ver se ainda sobrou algum dinheirinho para si ...

terça-feira, dezembro 23, 2008 8:12:00 da tarde  

Enviar um comentário

backlinks:

Criar uma hiperligação

<< Home